Aventura: Darkness, post mortem

Página 2 de 42 Anterior  1, 2, 3 ... 22 ... 42  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Seg Jun 30, 2014 6:54 am

Então, Kurt após caminhar por cerca de 5min escuta algumas vozes dizendo:
-Nos ajude... Nos ajude! Ele vai voltar... o atormentador, ele vai voltar!
-Nos ajude!

Kurt ouve alguns barulhos hostis na Floresta de alguma criatura passando por cima de folhas secas e gramíneas.

__________________________________________________________

Apocabulo após chegar até o meio da vila, nota que das janelas dos casebres, algumas pessoas o observava com certa malícia no olhar. Ele era capaz de ouvir passos o rodeando longinquamente.

__________________________________________________________

Hemilia, após seguir a luz, se aproxima da árvore dos enforcados e há 20m dela, ela é capaz de ouvir passos demasiadamente densos, que caminhavam lentamente em sua direção. Era uma presença assustadora. Hemilia também era capaz de ouvir metais rangindo.
Hemilia também era capaz de ouvir pequenas orações, lamentando alguma coisa, como se estivessem chorando.

__________________________________________________________

Hayato continua a seguir a luz por um pouco mais de tempo que os demais, até que ele sente alguns tremores no chão e alguns barulhos sinistros.
Os espíritos que antes pairavam sobre ele, agora foram embora.
avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por KurtBAD em Seg Jun 30, 2014 5:40 pm

Após ouvir as vozes,Kurt poe as mãos nos bolsos da calça e diz:
-Ei,Celliel,devo ajuda-los ou é algum tipo de armadilha?
avatar
KurtBAD

Mensagens : 1548
Data de inscrição : 28/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Bruno Azevedo em Seg Jun 30, 2014 8:24 pm


Hayato sente alguns tremores no chão e ouve barulhos estranhos, com isso ele para um pouco a caminhada, observa todos os lados, principalmente o chão e pensa:

-Olha, os espíritos se foram do nada, e agora isso, vou continuar seguindo a luz , vou ficar atento e tomar cuidado com tudo.

Hayato volta a caminhar normalmente...
avatar
Bruno Azevedo

Mensagens : 332
Data de inscrição : 29/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Kiorosan em Seg Jun 30, 2014 8:34 pm

Apocabulo cria uma bola de trevas que ficara o rodeando por precaução, e finge não ligar para os demais que o observavam e continuar seguindo a tal luz.
avatar
Kiorosan

Mensagens : 439
Data de inscrição : 21/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Setzer Fenhart em Seg Jun 30, 2014 8:50 pm

- Ei, vamos acelerar um pouco. Não pretendo confrontar nada que não seja necessário- diz Hemilia, olhando para a luz que a guiava.
Ela apertou o passo e ficou atenta a aproximação do som dos passos, pronta para agir caso deduza que eles estão em uma distância de risco.
avatar
Setzer Fenhart

Mensagens : 772
Data de inscrição : 21/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Ter Jul 01, 2014 11:04 pm

Celliel não responde à Kurt, mas Kurt sente que ele não pode responder.

Então, Kurt ouve alguns grunhidos:
-Grrrrrrrrrrrrrr...
~após o grunhido, todas as criaturas da floresta que observavam Kurt fugiram~

À alguns metros atrás dele. Então, após ouvir os grunhidos, Kurt ouve alguns passos por cima das folhas e gramíneas da floresta e o tal criatura vai para cima dele em uma velocidade segundo à distância que ele poderia perceber.
_____________________________________________________

Hayato então é surpreendido por uma mão extremamente definida e forte que aperta seu tornozelo com uma força absurda, chegando à ferir os músculos da perna do mesmo e doer seu osso do tornozelo, e ao mesmo tempo, uma criatura emerge do chão, à um metro de Hayato pulando em suas costas. Hayato conseguia sentir outros seres como aquele, que ele ainda não viu passeando por baixo da terra.

_____________________________________________________

Apocabulo então notou que todos os residentes da vila começaram a sair da mesma. Todos eles tinham olhos vermelhos e dentes afiados e andavam bem lentamente. Alguns empunhavam foices, martelos e facas, alguns vinham desarmados mesmo. Então, Apocabulo se viu cercado pelos residentes e não conseguiria passar sem lutar contra eles. Após caminharem lentamente, eles correram em direção ao mesmo.

Apocabulo estava à 5m de uma casa à sua esquerda e em volta dele haviam 20 residentes armados com armas rústicas e pelas laterais da casa, ainda seguiam alguns. Não parava de sair gente da Igreja à frente da cidadela.

______________________________________________________________

Hemilia também percebe que Celliel não pode responder.

Então, a criatura que estava atrás dela começa a se aproximar mais rapidamente de Hemilia. Dava pra ouvir que quando ele pisava nos cadáveres, sua pegada "esmagava" os mesmos. E se ela corresse, a mesma não iria conseguir se distanciar e a criatura acabaria a pegando. Conforme a criatura ia andando, dava pra ouvir metais tinindo entre si.

Hemilia sentia que a criatura estava à cerca de 10m dela.
avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por KurtBAD em Ter Jul 01, 2014 11:41 pm

Kurt então gira seu tronco para a direita,segurando seu ombro direito com seu braço esquerdo e escuta atentamente aos passos,quando ele deduziu  que o inimigo estava a cerca de 3m dele,ele se projetou para trás e girou com toda sua força seu braço esquerdo,visando acertar o que quer que seja que estivesse vindo em sua direção,sem nem ao menos considerar ser ou não um inimigo,Kurt não segurou-se nem um pouco e pretendia eliminar o inimigo com o único golpe,e caso o golpe acertasse o ar,pretendia utilizar da inercia para rodar seu corpo e executar um chute giratório no ar mirando o inimigo.
Enquanto fazia o movimento,Kurt soltou um urro raivoso,sem nenhuma palavra,apenas um grunido feroz,mal havia chegado ali,e ja estavam caçando-o novamente,isso o irritou profundamente.
O rugido assemelhava-se à este(especificamente aos 1min de video):
avatar
KurtBAD

Mensagens : 1548
Data de inscrição : 28/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Ter Jul 01, 2014 11:50 pm

O golpe foi super efetivo, mas a criatura pulou cerca de 3 metros para trás, mas rapidamente se recuperou. Então, Kurt notou que se tratava de um Lobisomem. Seus olhos brilhavam em escarlate e sua expressão era de fúria descontrolada.


Kurt podia sentir emanando dele uma enorme raiva e angústia para com toda criatura vivente, mas ainda podia ver traços de humanidade em seus movimentos e expressões, típico de um lobisomem.

Então, o lobisomem enquanto ouvia Kurt rosnar, se sentiu ainda mais furioso e uma leve aura vermelha era visível ao seu redor.
Então o mesmo avançou em direção de Kurt, à uma velocidade de 80km/h com as duas mãos abertas e ao chegar próximo de Kurt, desferiu um golpe com a intenção de feri-lo com seus dois conjuntos de garras.
avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por KurtBAD em Qua Jul 02, 2014 12:07 am

Kurt,que ja estava nervoso,agora tinha uma pequena parte da natureza selvagem e furiosa do licantropo e então ficou ainda mais furioso.
Rugindo novamente,ele levantou os braços à frente da cabeça e tentou segurar as presas do lobisomem e aperta-las com toda sua força,para então pular e acertar uma joelhada lateral na face de seu inimigo,visando suas orelhas que ele supos que eram sensíveis devido a boa audição dos lobos para então atordoa-lo,caso funcione e ele consiga dar a joelhada,Kurt passará sua perna esquerda para trás do monstro,e o empurrará com seu braço esquerdo (em um "lariat",sendo assim,seu braço não encostou diretamente na fera) com o inimigo no chão,ele pretende colocar seus joelhos por cima do braço do mesmo,e iniciar uma furiosa sessão de socos com ambos os braços,tudo isso enquanto berrava selvagemente,seja pela raiva por motivos quase que fúteis que estava sentindo,seja pela natureza selvagem que algora exercia uma pequena influencia sobre ele.
avatar
KurtBAD

Mensagens : 1548
Data de inscrição : 28/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Setzer Fenhart em Qua Jul 02, 2014 12:19 am

Hemilia deduz que, no cenário em que ela está e pela velocidade de aproximação dos passos, ela não será capaz de despistar o inimigo. Então ela se vira para a direção dos passos, para poder analisar o inimigo.
avatar
Setzer Fenhart

Mensagens : 772
Data de inscrição : 21/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Qua Jul 02, 2014 12:20 am

Kurt conseguiu segurar o Lobisomem pela presa, entretanto o golpe do licantropo chegou primeiro que o seu e as garras do mesmo acabaram que por dando um golpe tão violento nele que foi capaz de destruir suas costelas e seus pulmões. Então, o lobisomem gira sua cabeça com fúria ao mesmo tempo, lançando mordidas para todos os lados com a intenção de morder suas mãos.
(Como um cachorro raivoso mesmo mordendo pra tudo qué lado auehauheuaheuha)
avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Qua Jul 02, 2014 12:28 am

Hemilia ao se virar para trás, encontra-se com uma figura assustadora como essa:


Mas cheia de jóias de ouro.
O mesmo emanava uma aura arrogante e hostil. Então, ao perceber o inimigo, ele estava à 8m da mesma com uma de suas espadas, a empunhada pela mão direita para trás e a outra armada para lançar-lhe um golpe lateral com o braço esquerdo horizontalmente da direita para a esquerda.
avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Bruno Azevedo em Qua Jul 02, 2014 12:37 am

Depois de ser surpreendido pela mão, Hayato observa uma criatura emergir do chão e tentar atacar suas costas, com isso Hayato diz muito rápido:

-Arte ninja Kuchiyose • Tobidougu (Invocação • Projéteis de Armas), Hayato invoca um Ninja-to (pequena espada), e com ela Hayato tenta desferir um golpe certeiro no punho da mão, fazendo a mesma largar seu tornozelo.

Com isso ele invoca 6 Shurikens que ele tentará jogar na criatura em diferentes pontos, e depois invoca 2 bombas de fumaça que ele usa para tentar acalmar a situação, e recuar um pouco para tentar saber o que está havendo....

avatar
Bruno Azevedo

Mensagens : 332
Data de inscrição : 29/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por KurtBAD em Qua Jul 02, 2014 12:40 am

Kurt da outro grito,mas desta vez pelas costelas e pelo pulmão danificados,então olhou para seu inimigo,que o estava mordendo,segurou seu maxilar com a mão esquerda e a parte superior da boca com a direita(mesmo que fosse mordido ou acertado novamente com as garras,Kurt pretendia continuar) e então tentou quebrar os ossos da face do licantropo,abrindo seu maxilar além dos limites do mesmo.
Kurt utilizou toda sua força no movimento e soltou novamente um rugido de pura fúria.
avatar
KurtBAD

Mensagens : 1548
Data de inscrição : 28/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Setzer Fenhart em Qua Jul 02, 2014 1:33 am

Hemilia percebe que o inimigo está com seu foco no ataque, e correndo rapidamente em sua direção. Logo, ela pega uma de suas bombas explosivas e a arremessa na direção do joelho esquerdo da criatura.

Se o movimento obtiver sucesso, ela se aproximará o mais rápido possível da árvore mais próxima dela, se apoiará com uma de suas pernas na árvore, e disparará um arpão no ombro da criatura (o arpão está com a corda), com a intenção de puxá-la para perto de si. Se o arpão atingir, ela puxará a criatura até a árvore que Hemilia está apoiada,e interromperá o puxão, ativando o mecanismo correspondente a função.

Caso este movimento também obtenha êxito, ela rapidamente empunhará seu sabre, com a mão esquerda, e investirá rapidamente contra a criatura (esta agora a cerca de 1m dela) e lhe desferirá um golpe vertical com o sabre no pescoço, com a intenção de decapitá-la. Logo após ela cortará a corda com o sabre e se afastará cerca de 2m do corpo por precaução.
avatar
Setzer Fenhart

Mensagens : 772
Data de inscrição : 21/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Kiorosan em Qui Jul 03, 2014 11:49 am

Após perceber que estava cercado, Apocabulo é erguido 10m por um pilar cilindrico de 2m de largura, no momento que é erguido a bola que o rodeava ja estava acima do mesmo criando uma chuva de trevas, só que no decorrer do trajeto para o chão as gotas se tornariam laminas de trevas com 1m de comprimento e 3cm de largura. visto que estavam saindo da igreja Apocabulo aponta seu dedo para o centro da igreja e diz com tranquilidade:
-Então esse é seu joguinho Celliel?
e logo após lança uma onda de trevas que destruirá a igreja.
avatar
Kiorosan

Mensagens : 439
Data de inscrição : 21/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Qui Jul 03, 2014 3:35 pm

O golpe de Apocabulo é super-efetivo, entretanto, ele sente uma coisa estranha, como se tivesse gastado uma grande quantia de poder e conforme ele ficava em cima do pilar, ele sentia sua energia se esvaindo mais e mais. Metade da sua energia se foi no movimento.
~Apocabulo também percebeu que o que mais gastou energia foi o pilar de 10m que ele ergueu e que a chuva também gastou bastante energia. Ele sentia a energia voltando lentamente, só que o fato de ele permanecer no pilar fazia com que o gasto de energia suprisse o reparo~
Haviam uma quantidade absurda de civis na vila querendo Apocabulo, e os mais próximos começaram a atacar o pilar onde o mesmo estava. Após algumas tentativas falhas, um deles arremessou um machado em direção ao pilar e os outros atacaram com suas armas rústicas.
4 machados paralelos foram lançados em direção à Apocabulo, no topo do pilar com uma ótima precisão.

______________________________________________________________

O golpe de Kurt foi super-efetivo. Ele acabou quebrando a mandíbula do Lobisomem, que expressou uma dor tremenda e uma quantidade absurda de sangue jorrou da ferida e com um golpe aleatório lançou uma garrada com a mão direita na horizontal para tentar destruir o tronco de Kurt.

______________________________________________________________

Os joelhos da criatura foram destruídos, fazendo com que a mesma grunhisse feio de dor, stunando-a e então, no momento em que ela puxa a criatura e lança seu golpe, devido à proximidade dos dois, a criatura não consegue a atingir com sua lâmina, mas consegue acertar uma braçada em Hemilia, que a arremessa à 3m de distância e lesionar um pouco os músculos de seu tronco. Ainda assim, o golpe de Hemilia foi o suficiente pra fazer um ferimento terrível no pescoço da criatura, que devido à falta de sangue, começa a perder seus sentidos. Ainda meio tonta, a criatura em um movimento desesperado arremessa uma de suas espadas em direção à Hemilia e começa a lançar cortes aleatórios no ar. A criatura aparentava grande agonia e dor.

______________________________________________________________

Hayato conseguiu cortar a criatura que estava abaixo dele e conseguiu invocar as armas ninjas, entretanto, a criatura que estava atrás dele também era rápida e no momento em que Hayato se preparava para arremessar as suas armas ninjas, a criatura já estava em cima dele. Com o peso da criatura, a mesma derrubou Hayato e mordeu sua face, rasgando seus músculos e quebrando alguns de seus ossos. A criatura que estava abaixo de Hayato pula para a superfície e se aproxima do mesmo.

As criaturas que lutavam contra Hayato eram tipo:
avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Setzer Fenhart em Qui Jul 03, 2014 5:54 pm

Após ser arremessada pelo golpe da criatura, Hemilia gira seu corpo para trás após tocar o chão com as costas, coloca a mão direita no chão e apóia seus pés (ela ainda está com seu sabre na mão esquerda), assim se recuperando mais rápido da queda e anulando mais rapidamente a força do golpe que ainda atuava sobre ela. Já se levantando, ela sente algumas dores na região do tronco, porém percebe que seu golpe teve grande impacto na criatura.
Ela vê a criatura arremessando uma de suas espadas em sua direção, e deduz que à essa distância seria difícil se esquivar à tempo. Então ela segura firmemente seu sabre e gira seu corpo em sentido horário, com o sabre verticalmente apontado para baixo e um pouco inclinado, levemente afastando seu corpo para sua esquerda, com a intenção não de parar a espada, mas de desviá-la para sua direita usando a própria força atuante sobre a mesma.

Caso o movimento obtenha êxito, ela rapidamente cortará a corda (que ficara presa na besta devido a mesma ter interrompido esse movimento anteriormente), embainhará seu sabre, pegará uma de suas facas da parte frontal de seu cinto com a mão direita e uma de suas bombas de fumaça com a mão esquerda; ela arremessará a bomba de fumaça cerca de 1m a frente da criatura, com a intenção de cobrir sua visão e, em seguida arremessará a faca na direção de onde estava o ombro esquerdo da criatura( o braço esquerdo da criatura ainda empunhava a espada), com as intenções tanto de diminuir ou inutilizar o braço esquerdo da mesma, quanto de lhe dar a entender que Hemilia seguirá com um ataque frontal.

Feito isso, ela correrá para sua esquerda, circulando a criatura, em um raio de 3m da mesma, para manter-se a uma distância segura, até chegar próxima às costas da besta, ao mesmo tempo em que usa a fumaça como camuflagem.
Durante esse movimento, ela tomará o devido cuidado para que não pise ou esbarre em nada que possa entregar sua posição, mas sem tirar o foco da posição da criatura.

Devido à bomba de fumaça não ter sido arremessada exatamente na posição da besta, ela provavelmente será capaz de ver a forma da criatura por entre a fumaça. Assim que chegar em suas costas, Hemilia empunhará seu sabre com a mão esquerda, sua adaga posicionada à direita de suas costas com a mão direita, e investirá com toda sua velocidade na direção da forma da criatura por entre a fumaça, aproveitando que essa dificilmente acompanharia seu movimento devido ao ferimento nas pernas. Ela desferirá um golpe vertical com seu sabre no braço esquerdo da criatura, com a intenção de arrancá-lo e impedir que a besta ainda pudesse lhe desferir outro golpe instintivo. Quase que simultaneamente ela irá estocar sua adaga na lateral da nuca da besta, e arrastá-la com toda sua força, utilizando a fragilidade do local, que já fora atingido, para decepar-lhe a cabeça.
avatar
Setzer Fenhart

Mensagens : 772
Data de inscrição : 21/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Bruno Azevedo em Qui Jul 03, 2014 7:11 pm

Hayato foi derrubado pela criatura e enquanto ela o atacava no rosto, mesmo com toda aquela dor, ele usa a sua Ninja-to(pequena espada) como um ataque surpresa na criatura, Hayato pensava que esse poderia ser um momento certo, ele tenta desferir um rápido e grande corte na região do pescoço da criatura, mas se falhar, ele tentará dar rapidamente vários cortes na região do Abdômen da criatura, e com as Shurikens que ele tinha invocado antes, ele as joga muito rapidamente em diversos áreas do corpo da criatura que acabou de subir a superfície, se conseguir, ele irá se afastar, e manter uma distância mais confortável de luta...
avatar
Bruno Azevedo

Mensagens : 332
Data de inscrição : 29/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por KurtBAD em Qui Jul 03, 2014 8:24 pm

Kurt utilizou o seu braço esquerdo para bloquear a pata direita do inimigo,na altura do pulso do mesmo e rapidamente,com sua mão direita segurou a palma da mão do inimigo e rodou por debaixo da axila do lobisomem,indo para as costas dele de modo que o cotovelo da fera ficasse exposto,Kurt então impiedosamente fez com que o cotovelo do inimigo dobrasse para o lado contrário ao natural,utilizando da palma de sua mão esquerda e toda sua força,soltando o braço após quebra-lo e dando mais um empurrão,para que o lobisomem começasse a rodar e aproximando o braço esquerdo dele de Kurt,que já o agarrou com a mão direita a frente do próprio rosto,levou o pé esquerdo para o lado esquerdo,de modo a conseguir uma postura mais firme e levou as costas fechadas de sua mão esquerda em direção ao cotovelo da fera na intenção de destruir sua articulação.
Caso o movimento tenha êxito,Kurt pretende segurar o seu ombro puxa-lo enquanto chuta suas duas pernas na região da batata da perna tirando todo o equilíbrio e provavelmente derrubando-o,caso consiga,ele irá montar no tórax do inimigo e acertar brutalmente o globo ocular da fera furando os olhos do mesmo,e aproveitando a distração,para segurar a cabeça do lobo e afastá-la utilizando o cotovelo,e então morder ferozmente seu pescoço na intenção de arrancar alguma veia ou artéria e então cuspi-la na cara do inimigo.
Kurt então tenta gritar,mas sente o ar vazando pelos pulmões.
( O movimento foi mais ou menos assim :3 eahuaehueauae )
avatar
KurtBAD

Mensagens : 1548
Data de inscrição : 28/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Qui Jul 03, 2014 10:51 pm

----Post para Kurt----

O movimento foi efetivo e o lobo sofreu sérios danos mas ainda no chão, tinha poucos sinais de vida e tentava rastejar pela sua vida, tentando fugir de Kurt enquanto o mesmo grunhia.
avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por KurtBAD em Qui Jul 03, 2014 11:00 pm

Kurt olhou para as próprias mãos e viu sangue por todo seu corpo,um mal estar veio ao seu corpo e ao ver o lobo rastejando por sua vida ele se sentiu ainda pior,algumas lágrimas lhe corriam a face enquanto ele tentava falar
"Celliel!Celliel! Eu disse,eu não mereço livrar os mundos das trevas,como pôde ver,eu sou somente uma besta descontrolada,me perdoe,me tire deste lugar antes que eu acabe ferindo as pessoas erradas!"
Kurt tirou seu casaco e andou ate o lobisomem,então tentou acalma-lo e caso consiga,utilizando do seu casaco,tentou fazer um curativo que impedisse que tanto sangue saísse do ferimento no pescoço.
Após isso,Kurt pretende sentar-se no chão,pressionando o ferimento de seu pulmão com as mãos e esperar ate que esteja curado.
avatar
KurtBAD

Mensagens : 1548
Data de inscrição : 28/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Qui Jul 03, 2014 11:28 pm

O Lobo aparentava completo pânico e o medo dele para com Kurt era algo agonizante. Esse medo fez com que seus músculos tentasse ao máximo se afastar dele. O Lobo não entendia nada do que Kurt dizia, mas cada palavra que ecoava de sua boca era amedrontadora para ele.
Então, o lobo devido à exaustiva perda de sangue, perde a consciência. Apesar de Kurt tentar salvá-lo, era impossível para ele ali conter o sangramento que a artéria que o mesmo destruiu. Como o sangue não subia mais para o cérebro, o lobo perdeu os sentidos e era uma questão de tempo para que ele morresse devido à falta de oxigenação do cérebro.

Entretanto, Kurt recebeu algumas memórias e perdeu os sentidos por uns instantes também~~




Na verdade, o Licantropo já foi um humano. Logo cedo ele perdeu seus pais em um ataque de Trolls, que viviam na floresta em sua vila. Após virar órfão, ninguém quis cuidar do garoto, o que o forçou à viver nas ruas, comendo lixo, restos, sobras e sendo desprezado por tudo e todos do seu vilarejo. Depois de um tempo crescendo no lixo, ele passou a pensar que fazia parte do mesmo... entretanto, ele não poderia apenas viver em paz no lixo... alguns garotos insistiam em atormentá-lo, afinal, ele não tinha ninguém, não é mesmo? Eles podiam fazer o que queria com ele.
Isso fez com que o garoto ficasse com muito medo das pessoas. Sempre que iam agredi-lo, ele nada fazia, apenas fugia e tentava se proteger como podia, encolhendo seu corpo, como um cachorro assustado.


(Era assim que ele via as pessoas)


Então, um belo dia, um homem alto e sombrio, só que com um ar confortável foi atrás dele... O garoto, medroso como sempre, se escondeu em um beco e encolheu seu corpo na presença do homem... só que para a surpresa do mesmo, ele não demonstrou nenhum desdém e nenhuma hostilidade para com o garoto... ao olhar nos olhos do mesmo, o garoto viu que a figura que o ajudou era um homem alto, bonito de cabelos longos e demasiadamente gentil, como um anjo obscuro. E o homem disse:
-Você sente ódio das pessoas, não é mesmo? 
-Sim... você sente. Sabe... me corta o coração ver criaturas como você sofrendo e penando pela humanidade, sabia? Você é uma boa pessoa, mas o mundo te transforou no que você é... mas... se você tivesse poder, as coisas não seriam assim. Você poderia retribuir tudo que o mundo fez pra você de volta.
~o homem faz uma expressão extremamente sádica e o garoto consentiu. Pela primeira vez, ele sentiu queimar dentro de si um sentimento diferente do medo, ele sentiu uma fúria, uma chama descontrolada queimar dentro de si, um ódio descomunal, que antes era suprimido pelo medo.~

-Venha, venha comigo, garoto. Eu irei te dar todo o poder que precisa e você nunca mais precisará sentir medo novamente! ~Lança um sorriso maléfico~
-Agarre-se ao ódio!
~estende a mão~

Então, no momento em que a mão dos dois se tocam, o garoto ganha um poder descomunal. O ódio que ele tinha dentro de si foi materializado no poder de um Licantropo e então, ele nunca mais sentiu medo novamente... apenas ódio e poder.
Então o homem toca seu rosto com as duas mãos e diz:
-Vá! ... conquiste o que é seu e busque vingança.

Então, o Licantropo apenas acena com a cabeça para o homem e então desvia do mesmo... ele partiu para eliminar todos os civis da sua vila. O lobo matava, trucidava, dilacerava os corpos sem o mínimo de piedade... mulheres, crianças, jovens... para ele eram todas a mesma coisa.
Ele não parou até não deixar sequer uma alma viva em sua vila. E assim ele passou à atormentar diversas e diversas cidadelas, mas não apenas cidadelas humanas, qualquer tipo de sociedade ou civilização ele tinha ânsia em destruí-la.

Até que o Licantropo conheceu o medo novamente... A justiça, o Karma materializou-se em sua frente. Esse era Kurt Ryuken, pondo um fim à essa tragicômica deplorável.

~Após receber essas memórias, Kurt olha para o lobo em frente dele e percebe que o mesmo está morto.~

~Kurt sente que fez a coisa certa e entende parte do papel que Celliel o deu à seguir.
avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Kiorosan em Qui Jul 03, 2014 11:47 pm

Apocabulo utiliza a esfera que havia materializado no começo,para bater lateralmente nos machados poucos depois que foram aremessados,mudando suas trajetórias, logo após desfaz o pilar ficando apenas erguido por uma pequena plataforma para se locomover ate o telhado da casa mais proxima,desce nela e pensa
"Eu estou..ficando fraco"
Ele faz com que todas as trevas que ele havia materializado,transformasse em uma unica esfera recheada de espinhos e fez com que a mesma atravessasse cada um de seus inimigos,na região da cabeça.
avatar
Kiorosan

Mensagens : 439
Data de inscrição : 21/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por KurtBAD em Sex Jul 04, 2014 12:22 am

Entrem no clima

________________________________

Apesar de sentir que fez a coisa certa,Kurt ainda sentiu-se mal pelo que fez,ele sabia que por pouco,seria ele "o licantropo", suas historias pareciam,eles pareciam, não foi atoa que confrontaram-se feito duas bestas,ERAM DUAS BESTAS!
Kurt então começou a lacrimejar novamente,quase não conseguia segurar o choro,deitou-se ainda segurando seu ferimento,compreendeu então a complexidade do mundo -Havia sim feito certo,mas não implicou ter feito uma boa ação.
"Talvez por isso ele tenha pego uma besta como eu,alguém realmente bom não seria capaz de fazer tais coisas" Kurt levantou sua mão esquerda,e segurou seu ferimento com a direita,analisou sua mão e cerrou o punho no ar enquanto ainda segurava suas lagrimas,sua expressão demonstrava claramente sua vontade de chorar...Então esboçou uma leve risada,que evoluiu ate tornar-se uma alta e demoníaca gargalhada,que mesclou-se com suas lágrimas,que agora saiam descontroladamente:
-HAHAHAH É ISSO QUE VOCÊ QUER CELLIEL?QUE EU ME TORNE UMA BESTA DIVINA?ESTRAÇALHE OS INIMIGOS QUE SUA BONDADE TE IMPEDE DE ESTRAÇALHAR?!
Kurt então levantou desengonçado,seu ferimento ainda lhe atrapalhava,começou a andar do modo que conseguia pela floresta com um sorriso demoníaco no rosto:
-Eu so tenho que me tornar uma besta capaz de destruir as outras,certo?é..só..matar-los...não é?
Kurt tropeça nas próprias pernas e no chão começa a chorar novamente:
-Será...que sou mesmo capaz? É realmente certo? Poderia ser eu no lugar daquela fera...
Kurt segura novamente seu ferimento com suas mãos e repousa no chão em posição fetal.
avatar
KurtBAD

Mensagens : 1548
Data de inscrição : 28/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 42 Anterior  1, 2, 3 ... 22 ... 42  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum