Aventura: Darkness, post mortem

Página 1 de 42 1, 2, 3 ... 21 ... 42  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Dom Maio 04, 2014 10:07 pm

RPG: Darkness, post mortem 
Esclarecimentos:

Sejam bem vindos à nova aventura da Creatures Arena! Eu sou o mestre, serei interpretado e também materializado por Celliel, o primeiro protagonista da minha história. Vocês saberão a história dele segundo às circunstâncias.
Enfim, apontarei aqui algumas regras básicas para o bom andamento do JPG.


- Erros acontecem,mesmo divindades(como eu serei nesse RPG) as cometem..
como proceder? Bem,para evitar confusões e o desandamento do RPG,os erros cometidos pela entidade suprema serão mantidos apesar de tudo.Se alguém sair prejudicado receberá um benefício posteriormente.
Caso os players errem em algo,caberá a mim decidir se manterá ou não a ação.
Caso não a parte falha do movimento será desconsiderado e tudo que depender do mesmo será tido como se o personagem não tivesse feito.
- Vocês decidirão uma ordem de resposta,e se moverão apartir dela,para evitar confusões,caso um player queira passar seu turno para outro,basta postar “Passo para ...(nome do personagem)”
e a ação do outro player será no instante em que seria a sua e a sua será na dele.
- Eu quem decidirei como estará o estado de seus personagens e seus poderes/armas que eles estarão nos momentos da aventura(vc poderá usar os que tiver,mas te-los ou não eu quem decidirei) você pode estar doente sem ter percebido o porque,estar ferido sem saber como,e seus equips desaparecido sem vc perceber..E dependendo do rumo que seu personagem seguir,ele pode descobrir (ou nõa) ou recuperar (ou não) seus HPs/Armas/Poderes/Etc.
-Se uma pessoa demorar mais de 1 dia para responder,será considerado que o personagem dela ficou parado,o próximo personagem poderá agir no tempo em que o dele deveria ter agido,e assim consecutivamente...se nenhum agir será dado como se nenhum se moveu.
- O mestre pode responder a qualquer momento,indiferente a ordem dos players,e também pode prolongar a vez de algum jogador,dizendo que este tem direito a mais uma(ou mais rodadas)
-Caso demorem 24h para postar, a vez será passada para o próximo e o jogador perde o turno. Isso será como uma "falta". Caso um post do player seja estritamente necessário para continuar e ele adie o mesmo até 3 dias, o player estará fora do RPG. Caso o player "falte" 5 vezes, ele também está fora do RPG. Lembrando que o post pode ser facultativo se for avisado com antecedência.
- Enfatizo que sou ONIPOTENTE no Jpg e exercerei força suprema no mesmo, entretanto, serei o mais justo possível. O que eu disser é lei, tal como posso mudar qualquer lei acima se me convir. Se vocês assinarem abaixo, estarão concordando com isso u_u
(Pode parecer imponente, mas é pra manter a ordem mesmo.)

Postem abaixo a ordem que vocês responderão para que eu comece o RPG e quem gostará de participar.


Última edição por VladTepesIII em Ter Jan 06, 2015 8:27 am, editado 1 vez(es)
avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por KurtBAD em Dom Maio 04, 2014 10:09 pm

Kurtin sera o primeiro a postar :3
avatar
KurtBAD

Mensagens : 1548
Data de inscrição : 28/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Bruno Azevedo em Seg Maio 05, 2014 12:18 am

Eu concordo com o que foi dito acima, Hayato vai ser o segundo a postar.
avatar
Bruno Azevedo

Mensagens : 332
Data de inscrição : 29/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Setzer Fenhart em Sex Jun 27, 2014 7:10 pm

Eu serei o último a postar com a Hemilia :3
avatar
Setzer Fenhart

Mensagens : 772
Data de inscrição : 21/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Kiorosan em Sex Jun 27, 2014 7:44 pm

Serei o 3º certo ^^ (apocabulo)
avatar
Kiorosan

Mensagens : 439
Data de inscrição : 21/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Sex Jun 27, 2014 9:51 pm

Então, agora que os esclarecimentos já foram feitos... Apenas peço para se assentarem bem em suas respectivas cadeiras e prepararem a imaginação.
Just let me guide you through the Darknes...



[Eventos paralelos]
Kurt e Apocabulo haviam se encontrado, depois de muito tempo. Kurt com incômodo e Apocabulo com ódio no olhar buscando por um fim na existência paradoxal de Kurt e tudo que ele lhe causava. Ambos se encararam e no momento em que eles consumariam o combate, eles perderam os seus sentidos e se viram em uma escuridão abissal, onde só havia o vazio.

Enquanto isso, Hemilia estava caminhando em uma cidadela qualquer, usando um capûs para esconder sua identidade, até que também, de supetão, também perdeu os sentidos e se viu em uma escuridão abissal, onde só havia o vazio.

Hayato que após treinar arduamente e não conseguir mais mover seu corpo, havia parado para repousar abaixo de uma sombra de uma árvore, em frente à sua casa, quando ele começa a sentir suas pálpebras pesadas e cochila sem querer. Então, ele também havia perdido todos os sentidos e estava em uma escuridão abissal, onde só havia o vazio.

Ambos tentavam reagir, se mexer e se livrar do vazio e da escuridão, mas nada surtia efeito. O corpo de vocês não existia e vocês não tinham nada além da sua consciência...

[Todos tiveram a mesma experiência abaixo, só que individualmente]
Era tudo escuro, nada existia. Nenhum traço de criação ou matéria... E após cerca de 5min no vazio, vocês ouvem uma voz:

-Você não conhece o passado ainda... Você não conhece o futuro ainda... você sequer mal compreende o presente e os fatos contemporâneos... limitados pelas vossas respectivas percepções. Por séculos eu busquei compreender o mundo, as criaturas, a existência e o universo... mas tudo que eu encontrei, independentemente da época, independentemente do período... foi apenas... Escuridão.

Tudo leva à ela. Ela está em todos os lugares, ela está ao seu redor, ela está do seu lado, ela está no seu lar, ela está até mesmo dentro de você. A escuridão é muito mais complexa do que qualquer um de vocês consigam um dia imaginar. Eu apenas consegui entendê-la um pouco.

Há milênios atrás, aconteceu o Armagedon. A batalha final entre todas as entidades e criaturas... ela aconteceu em conjunto com a terceira guerra mundial, que também mostrou ao mundo o poder da tecnologia humana.
Entretanto, apesar das armas modernas e sofisticadas dos homens, elas não afetavam as criaturas sobrenaturais e por isso eram inúteis contra os mesmos.
A Terra havia virado um enorme palco de batalha, uma verdadeira carnificina de proporções continentais. O cheiro pútrido dos cadáveres dos animais, humanos e criaturas tornavam do mundo um lugar sujo, podre... Todos os selos foram liberados, grande parte dos anjos caíram do céu, os portões do inferno foram abertos e em meio à esse Rondó de sangue, os humanos dançavam o ritmo da morte. Os portões do céu haviam se fechado e os do inferno não existiam mais... Até que a luta se polarizou de tal maneira, que dois dos mais fortes combatentes do universo se enfrentaram na Terra. Lúcifer e Miguel. Miguel representando o fraco laço angelical, acuado por todos os outros e Lúcifer representando todas as criaturas vis que habitavam a Terra.
Entretanto, Miguel empunhava em mãos o artefato mais forte dos céus, a Espada do próprio Deus. O Réquiem contra seu irmão, que empunhava Longinus. Após alguns segundos de batalha, Miguel acabou matando Lúcifer, mas o preço de usar a relíquia de seu pai era alto... Custou-lhe a própria vida. Mas antes de morrer, Miguel selou tanto Longinus, quanto a Espada de Deus em um lugar onde nenhuma criatura pudesse entrar.

Apesar da derrota de Lúcifer, os anjos que não caíram recuaram para o Céu, deixando assim à Terra à mercê das criaturas que nela habitavam. Todos que não emergiram foram amaldiçoados à permanecer na Terra para sempre, contaminando à si mesmo e a sua própria descendência.
Agora na Terra habitava todo tipo de criatura... Anjos caídos, demônios, entidades pagãs, criaturas desconhecidas e todo ser que antes vivia em um mundo paralelo, dividiam o mesmo espaço com os humanos.

Os grandes governos acabaram quebrando, os líderes fugiram deixando a humanidade completamente frágil, à mercê de tais criaturas. Então, a humanidade como uma forma de adaptação à essa nova seleção natural, acabou se curvando perante aos mais fortes que eles.

As criaturas mais fortes que os humanos faziam o que queriam com a espécie. Estupravam mulheres, engravidavam-as, devoravam crianças e jovens pelo seu sabor mais apetitoso, faziam com que os humanos passassem por jogos humilhantes... enquanto a própria humanidade revelava sua verdadeira face e devora à si própria. Como não havia mais uma lei, os próprios humanos começavam à ceder ao pecado, roubar, matar, vender à si mesmos para os demônios e criaturas... Era um cenário realmente decadente.

Com os recursos ficando cada vez mais escassos e a necessidade falando mais alto. As pessoas romperam a máscara da hipocrisia e mostraram o verdadeiro lado lixoso e podre da humanidade.

-E eu estava lá... eu vivi tudo aquilo... eu vi tudo aquilo acontecer... a escuridão tomando conta do mundo e instaurando sua ordem.


-Deixe-me falar um pouco de mim.

~Vocês veem uma pessoa mais ou menos assim:
Só que a imagem dela desaparecia constantemente e ela estava transparente.


-Eu tenho dois nomes... Cornell e Celiel. Prefiro que me chamem pelo segundo nome. Eu tenho o poder de enxergar as linhas do tempo e alterá-las de tal forma que se construa um futuro novo, tal como... tenho alguns poderes de manipulação de realidade... entretanto, perdi muito do meu poder. Deus o tirou de mim. Disse ele que esse poder seria uma ameaça para a "ordem natural das coisas".

O que eu estou fazendo com você, é alterar a sua linha de tempo e lhe tirar da vossa realidade. Por quê estou fazendo isso justo com você?
-Porque sois um dos poucos escolhidos para exterminar as trevas de uma vez por todas! Exterminá-la por completo, em todos os sentidos da palavra. Acabar com a dor, com o sofrimento, com o crime... Você foi escolhido para aplicar a justiça da Luz.

-Acalmem-se. O destino e a criação é muito maior do que vocês algum dia poderiam imaginar. Não existe apenas um Deus. Existem vários... e existe um "estepe" seu na sua linha de história original. Ou seja, vocês estão nesse momento coexistindo em dois lugares ao mesmo tempo. Stephen Hawking e Max Planck já insistiam na teoria dos universos paralelos à milênios atrás, mas eram descreditados. Caso vocês não acreditem, olhem vocês mesmos para a sua própria criação:
~Celliel mostra a todos vocês alguns fatos futuros que aconteceriam caso continuassem a histórias de vocês~
~Os fatos eram tão fortes, que vocês não tinham outra opção à não ser acreditarem~

-O que iremos fazer juntos, camarada, é acabar com toda a escuridão existente. Eu não desfiz a história de vocês, nós apenas iremos construí-las novamente...

-Então, você aceita se juntar à mim nessa jornada? Apenas me dê a sua mão e eu lhe guiarei.
~Vocês puderam sentir vossos corpos materializados e sentiram que realmente haviam alcançado certa verdade, tal como sentiram uma estranha confiança e familiaridade, como se fizessem parte de uma coisa só~

~Celliel estende sua mão tipo~
avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por KurtBAD em Sab Jun 28, 2014 1:25 am

Kurt ficou surpreso com o que acontecera,e não entendia muito bem a responsabilidade que lhe foi passada, então ele disse:
-C-Celliel? Não creio que eu seja digno de tal missão,não sou nenhum herói,aliais,sou um demônio,quem sou eu para livrar o mundo das trevas? Acho que não mereço essa oferta,Celliel...
avatar
KurtBAD

Mensagens : 1548
Data de inscrição : 28/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Sab Jun 28, 2014 1:34 am

[Vou ser individual e onipresente pra cada char, ok? Respondam paralelamente]

Celliel diz à Kurt:
-Sim... você é. E Kurt... na verdade você sabe muito pouco sobre si mesmo.
~Celliel abre um enorme sorriso para Kurt, como se os dois já fossem amigos à muito tempo~
-Você é um dos seres mais dignos que eu vi habitar esse universo. E creio que você passará por provações que irão lhe mostrar isso. Não posso lhe contar muito sobre você pois isso afetaria a pessoa que você será no futuro. Eu te conheço melhor que ninguém, Kurt, e acredite em mim. O universo PRECISA de você... e um dos motivos pelo qual eu te selecionei foi pela sua coragem. Tenho certeza que não fugiria n_n

~Kurt sente uma enorme familiaridade com Celliel, como se estivesse conversando com um irmão ou parente próximo~
avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por KurtBAD em Sab Jun 28, 2014 1:42 am

Kurt fica meio sem graça e diz com um sorriso tímido no rosto:
-hehe...Então tudo bem,se você diz que sou realmente tão importante assim..
Kurt estende sua mão direita e diz:
-Não seria legal se eu te cumprimentasse com a outra mão,posso apertar a sua mão direita?
O sorriso de Kurt perdeu a timidez,e deu um tom de confiança ao seu rosto
avatar
KurtBAD

Mensagens : 1548
Data de inscrição : 28/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Sab Jun 28, 2014 1:48 am

Celliel diz à Kurt:
-Opa! Apesar da minha "pose" sou uma pessoa bem simples! (:

~Aperta a mão de Kurt~

-À partir de agora você passará por algumas provações, ok? Será um pouco difícil, mas eu não duvido da sua capacidade.
avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por KurtBAD em Sab Jun 28, 2014 1:52 am

Kurt então Levou as mãos ate os bolsos da calça, ergueu seu tronco e disse,confiante:
-Manda brasa!
avatar
KurtBAD

Mensagens : 1548
Data de inscrição : 28/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Bruno Azevedo em Sab Jun 28, 2014 9:37 am

Hayato depois de passar por aquela experiência, ele começa a ouvir e entender as intenções de Celiel, e com isso ele pensa rapidamente:

Hayato pensa em seus momentos mais marcantes, e diz pra si mesmo:

-Isso, era isso que eu sempre procurava, era isso que eu sempre busquei, alguém que pudesse confiar em mim, alguém que algum dia iria acreditar em mim, mesmo eu sendo assim todo cheio de defeitos, mesmo eu não sendo o melhor...

Hayato volta a si, e diz a Celiel:

-Eu aceito, com isso ele estende suas mãos...
avatar
Bruno Azevedo

Mensagens : 332
Data de inscrição : 29/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Kiorosan em Sab Jun 28, 2014 2:12 pm

Logo apos ouvir tudo Apocabulo pensou em matar o homem,mas pelos poderes que ele disse ter,seria algo imprudente. Com isso manteve sua expressão apática e disse calmamente.
-Porque eu me rebelaria contra as trevas,se elas são a minha fonte de poder? Você deve ter pego a pessoa errada.
avatar
Kiorosan

Mensagens : 439
Data de inscrição : 21/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Setzer Fenhart em Sab Jun 28, 2014 4:37 pm

Hemilia pensa por um momento em tudo que ouviu, acha que isso tudo é uma piada, e não segura o riso:
-HAHAHAHAHAHAHAHA. Escolhida para exterminar as trevas?! Para aplicar a Justiça da Luz? Você deve ter cometido um erro ao me escolher.
avatar
Setzer Fenhart

Mensagens : 772
Data de inscrição : 21/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Sab Jun 28, 2014 7:11 pm

Celliel diz à Hayato:
-Será um caminho difícil... mas eu acredito em você e em seu potencial! n_n


________________________________________________________________________

Celliel diz à Apocabulo:
-Não realmente... Mas creio que você não conheça o seu futuro assombroso, ou o faz? O caminho que você está trilhando levaria apenas para a sua própria auto-destruição e fracasso.

-Você precisa mudar, caso queira vencer e cumprir seu objetivo.
~Apocabulo começa a se sentir vulnerável e sua visão começa a distorcer, uma sensação que ele gostaria de se livrar logo~
-E eu sou o único que pode te livrar disso, Apocabulo. Você não precisa negar as trevas, apenas entrar em harmonia com ela e si mesmo.
~A sensação fica mais forte~

-Eu posso te livrar de tudo isso. Apenas me dê sua mão e venha comigo... coisas novas, um mundo, um futuro e aventuras lhe esperam.

_________________________________________________________

Celliel diz à Hemilia:

-Muito pelo contrário. Sois a mais competente possível para tal função!
-Vou ser o mais sincero e direto o possível. Não há nenhum futuro, nenhum outro plano que não leve à escuridão... Nenhuma entidade se importa com a criação... nenhuma além de mim.

~Se teleporta para perto de Hemilia e diz em um tom sincero e direto, olhando em seus olhos e coloca uma das mãos em seus ombros~
-Um futuro obscuro vos espera nos outros planos, Hemilia. Não só à você, mas a quem você ama também... Se você não me seguir... tudo... se tornará escuridão. Venha comigo e juntos vamos acabar com isso de uma vez por todas. Eu irei te mostrar o caminho...

~Hemilia sentiu algo que nunca sentiu antes com ninguém além de Kay... sentiu uma familiaridade enorme com Celliel, tanto por ele conhecer todo o seu passado, quanto por sentir nele como uma espécie de "amigo"~

-Será difícil, muito difícil, eu sei... mas... é o único caminho. Eu preciso de você.

~Celliel desvia o olhar e esboça uma leve tristeza~
avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Bruno Azevedo em Sab Jun 28, 2014 8:15 pm

Hayato ouve Celiel e diz:
-Obrigado, vou dar o melhor de mim, vou fazer de tudo para ajudar...
avatar
Bruno Azevedo

Mensagens : 332
Data de inscrição : 29/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Setzer Fenhart em Sab Jun 28, 2014 8:46 pm

Hemilia se preocupa com o que Celiel disse sobre o futuro seu e de seu irmão no "outro plano", como Celiel identificou sua realidade, mais ainda assim não se convence:
- Como posso confiar que você não quer me usar para propósitos egoístas? Como posso confiar que meu irmão estará à salvo se eu te ajudar? E quanto à humanidade, você mesmo disse que que ela mostra sua verdadeira face se não for "domada". Eliminar as trevas só traria uma falsa esperança à todos. A humanidade não precisa das trevas para se auto- destruir...
Hemilia desvia o olhar para baixo enquanto diz as 2 últimas frases. Ela não demonstra, mas sente uma forte angústia e ao mesmo tempo raiva enquanto reflete sobre o que acabara de dizer. Ela desacredita fortemente na humanidade.
avatar
Setzer Fenhart

Mensagens : 772
Data de inscrição : 21/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Sab Jun 28, 2014 11:13 pm

Celliel diz à Hemilia:

-Siga sua intuição...
~Hemilia continua sentindo familiaridade e paz com Celliel~

-Hemilia, como eu disse você continuará existindo nos outros universos. E no plano aonde irei te levar, seu irmão também precisa de você.

~Celliel para de falar por alguns segundos e abaixa a cabeça e diz em um tom lugubremente sincero~
-Ninguém nunca antes tentou... eu quero tentar, Hemilia. Creio que essa geração está completamente pútrida, concordo. Mas eu tenho um plano... não será um processo à curto prazo, exigirá anos, talvez décadas para criar uma sociedade livre das trevas, mas eu quero tentar. E eu preciso de você...

~Hemilia entra em contato com os sentimentos de Celliel~
-Vamos... apenas tentar. Você pode voltar quando quiser n_n
avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Kiorosan em Sab Jun 28, 2014 11:22 pm

Apocabulo tem seu psicologico abalado mas mantei sua expressão facial intacta,logo pensa "Se eu tivesse em harmonia com meus poderes nunca teria perdido uma luta ou oque quer que seja" então conseguirei derrotar Kurt facilmente.
Haarr fico irritado só de pensar naquele verme.
então Apocabulo ergue sua mão e diz:
-Entendo, Agora me tire daqui...
avatar
Kiorosan

Mensagens : 439
Data de inscrição : 21/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Setzer Fenhart em Dom Jun 29, 2014 7:11 am

Quando Celiel cita novamente Kay, Hemilia pensa: "Parece que eu não tenho escolha..."
Com um tom um pouco receoso, e ainda com o olhar voltado para o chão, ela diz:
-Eu...aceito...
avatar
Setzer Fenhart

Mensagens : 772
Data de inscrição : 21/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por VladTepesIII em Dom Jun 29, 2014 12:51 pm

Então, todos vocês são teleportados para lugares diferentes.

[Vou narrar paralelamente aonde cada um de vocês estão]
[O tempo está igual para todos]

Era crepúsculo, cerca de 20h.
Kurt estava em uma floresta densa, onde haviam vários olhos vermelhos olhando para ele, mas nenhum deles demonstravam hostilidade. Havia diante de si, uma pequena luz, era parte da essência de Celliel. Kurt sentiu que deveria seguir aquela Luz.
Em sua mente foram cravadas as seguintes mensagens:
-Siga essa Luz, Kurt, ela te guiará para aonde estou nesse exato momento e ela lhe apresentará os demais escolhidos.

A Luz começou a andar rumo à frente de Kurt, bem lentamente.

___________________________________________________________________

Hayato estava em um deserto imenso, onde não havia nada além de areia e mais areia, mas ele podia ver alguns espíritos pairando sobre ele. Também não demonstravam hostilidade. E então, ele também enxerga uma Luz, era a essência de Celliel.
Em sua mente foram cravadas as seguintes mensagens:
-Siga essa Luz, Hayato, ela te guiará para aonde estou nesse exato momento e ela lhe apresentará os demais escolhidos.

_________________________________________________________

Hemilia estava em uma floresta fantasmagórica, com árvores distorcidas e um estranho luar iluminava tudo ao seu redor. Também haviam alguns espíritos pairando sobre ele, mas também não demonstravam hostilidade. No entanto, haviam diversos cadáveres de guerreiros mortos e à 20m dela, Hemilia podia ver uma árvore com vários homens enforcados, uma cena bem bizarra de se ver.
Então, Hemilia também enxerga um pequeno foco de luz. Era uma das essências de Celliel.
Em sua mente foram cravadas as seguintes mensagens:
-Siga essa Luz, Hemilia, ela te guiará para aonde estou nesse exato momento e ela lhe apresentará os demais escolhidos.


Árvore dos homens enforcados:

___________________________________________________________________

Apocabulo estava em uma vila abandonada, bem simples, com poucas casas e todas elas bem rústicas e logo à frente havia uma igreja com uma cruz retorcida.
À sua frente Apocabulo também viu um feixe de luz, era a essência de Celliel.
Em sua mente foram cravadas as seguintes mensagens:
-Siga essa Luz, Apocabulo, ela te guiará para aonde estou nesse exato momento e ela lhe apresentará os demais escolhidos.

avatar
VladTepesIII

Mensagens : 789
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 22
Localização : RoadHouse

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por KurtBAD em Dom Jun 29, 2014 2:21 pm

Kurt não se intimidou com os olhos, mas ficou em alerta colocando sua perna esquerda à frente do corpo,e colocando o braço esquerdo à frente do tórax, em uma guarda bem instintiva que ele desenvolveu nas ruas.
AO ver Celliel, Kurt ficou mais tranquilo e voltou à sua posição normal,e então começou a seguir a luz e tenta enxergar as partes escuras da floresta com o seu olho que também brilhava no escuro.
avatar
KurtBAD

Mensagens : 1548
Data de inscrição : 28/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Kiorosan em Dom Jun 29, 2014 3:27 pm

Apocabulo faz um reconhecimento visual do local e começa seguir a tal "luz", mas atento a qualquer tentativa de atk contra ele.
avatar
Kiorosan

Mensagens : 439
Data de inscrição : 21/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Setzer Fenhart em Dom Jun 29, 2014 8:34 pm

Hemilia se surpreende com o cenário no qual apareceu tão de repente, porém não se intimida. Ela começa à seguir a luz cautelosamente, atenta à qualquer som ou movimento que demonstre ameaça.
avatar
Setzer Fenhart

Mensagens : 772
Data de inscrição : 21/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Bruno Azevedo em Seg Jun 30, 2014 12:51 am

Hayato do nada aparece em um enorme deserto, ele olha para todos os lados, coça a cabeça, abre um sorriso maroto e diz ao nada:

-Caramba kkkk, tem espíritos aqui !

Hayato notou que os espíritos não faziam nada mais que pairarem sobre ele, e com isso ele caminhou mais tranquilo seguindo a luz...
avatar
Bruno Azevedo

Mensagens : 332
Data de inscrição : 29/10/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura: Darkness, post mortem

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 42 1, 2, 3 ... 21 ... 42  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum